BITCOIN X DINHEIRO REAL

BITCOIN X DINHEIRO REAL

Existe uma grande diferença entre ter 1 BTC e ter R$35 mil.
Quando você deposita
R$35 mil num banco, aparece lá no seu saldo o valor de R$35 mil.
Porém, o banco pode repassar cerca de R$7 mil ao governo na forma de depósito compulsório. E a outra parte de até
R$28 mil pode emprestar para outras pessoas.
Esses R$28 mil vão ser gastos e, em algum momento, depositados novamente. Daí uma parte vai ser entregue ao governo como depósito compulsório. E outra parte, mais uns R$22 mil serão emprestados novamente para outras pessoas.
Mas nada disso lhe é informado pelo seu saldo. O seu saldo continua lá intacto no valor de R$35 mil. Ou seja, esse dinheiro já virou R$85 mil na mão do público. E todo mundo acha que tem direito a esse dinheiro.
O que acontece se todo mundo for sacar na mesma hora? Simples. Os bancos dirão que esse dinheiro não existe.
No Brasil, aproximadamente 48% de todo o dinheiro só existe na forma de dígitos eletrônicos e não poderia ser sacado caso todas as pessoas se dirigissem aos bancos hoje.
Quando você tem um saldo num banco, o seu dinheiro não é seu. É do banco e ele lhe deve a você.
E, não se iluda, a cada crise econômica, algum governo impede seus cidadãos de resgatar o que eles possuem na poupança. Isso aconteceu na Grécia há dois anos, que é um país muito mais avançado que o Brasil. E já aconteceu no Brasil diversas vezes ao longo da história.
Bem diferente é ter 1 BTC. Quando você tem 1 BTC registrado na blockchain, isso significa que somente a sua chave privada é capaz de mover esse BTC de lugar.
Ao contrário do dinheiro de papel, o seu Bitcoin só pode ser movimentado por você.
Por isso, o Bitcoin é a forma de dinheiro mais segura que existe no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *